Slack%20message%20with%20team%20communic
ASSINE NOSSA NEWSLETTER

GOSTOU DO QUE LEU?

Receba conteúdos exclusivos e cancele quando quiser!

O que é o Reflorestamento?



O reflorestamento é uma atividade essencial nos dias atuais, pois auxilia em algumas demandas da sociedade, como na grande necessidade de produtos florestais, na captação de CO2, na recomposição da biodiversidade, entre muitos outros serviços que a floresta oferece. O Brasil é um dos maiores produtores florestais do mundo e produz em média 19,5 milhões de toneladas de celulose e possui 7,84 milhões de hectares de florestas plantadas (sendo 72,3% de eucalipto e 20,2% de pinus).

Devido a intensa degradação de algumas áreas, muitas vezes as florestas não conseguem mais se recuperar organicamente e necessitam de uma ajuda, o reflorestamento.


Mas o que é o reflorestamento? É o plantio e a manutenção da vegetação em áreas que ocorreram grande degradação. De acordo com a finalidade que o reflorestamento é efetuado, determinadas espécies são escolhidas. Há vários motivos para o reflorestamento ocorrer, entre eles: captação de gás carbônico, tentar recuperar o ecossistema original com mudas nativas ou simplesmente para minimizar a pegada ambiental de pessoas, empresas ou instituições.


Existem termos distintos para plantio de árvores em áreas degradadas: o reflorestamento e florestamento. Há algumas definições para esses termos:

● Florestamento significa o plantio em áreas onde, historicamente, não havia floresta;

● Reflorestamento é o plantio em áreas em que, historicamente, havia vegetação, mas que foram convertidas pelo ser humano para outros.

Existem também tipos diferentes de reflorestamento, como: reflorestamento para fins comerciais (florestas plantadas) e o reflorestamento para fins ecológicos (mata nativa). A plantação de eucalipto é o tipo mais popular de reflorestamento para fins comerciais devido ao seu rápido crescimento e às utilidades que proporciona (colheita a partir de cerca de sete anos) - cerca de 70% das florestas plantadas são dessa família. Porém nem sempre o Plantio de eucalipto é a melhor opção, entre 2010 e 2015, cerca de 6,5 milhões de hectares se foram, e o Brasil foi o país que apresentou a maior taxa de perda de mata nativa. Enquanto o número de florestas plantadas aumenta, a área de floresta nativa diminui a cada ano, mostrando uma perda de biodiversidade. Fora a perda da biodiversidade há serviços ecossistêmicos que só as florestas nativas podem fornecer, por isso é tão importante preservar as florestas remanescentes e reflorestar áreas com espécies nativas sempre que possível.


Em linhas gerais, o reflorestamento comercial utiliza apenas uma espécie (ele é homogêneo) e essa espécie varia entre eucalipto(75,2% das florestas plantadas) e pinus (20,6% das florestas plantadas), ambas são árvores de plantio fácil. O reflorestamento de eucalipto é um dos favoritos dos produtores, pois o eucalipto de semente tem uma poda inicial de 10 a 12 anos, sendo que para obter uma madeira mais densa entre 20 a 24 anos. Já o corte para o eucalipto clonado pode variar entre 5 a 7 anos.


No livro “O Eucalipto – Um século no Brasil” (Antonio Bellini Editora & Cultura) é destacado que os eucaliptais brasileiros absorvem 196 bilhões de toneladas de carbono, contribuindo para minimizar as consequências do efeito estufa.


Uma característica importante do reflorestamento comercial é que ele contribui expressivamente para a queda da taxa de desmatamento. Com plantações destinadas ao uso comercial, diminui a procura por árvores nativas para serem comercializadas.


Entender os impedimentos e as necessidades ao entrar no negócio, mesmo que seja de produção de madeira (o plantio de árvores necessita de licenças diferentes para cada tipo de plantação) é necessário nos dias de hoje. Caso queira saber mais, veja o conteúdo da LS Consultoria sobre o licenciamento necessário. Caso se interesse pela otimização de processos da área madeireira, acesse esse conteúdo da Maximiza Consultorias que traz ferramentas e exemplos para melhorar o seu negócio.


Atualmente utilizamos os serviços ecossistêmicos da floresta de forma direta e indireta, muitas vezes sem nem percebermos o seu valor. Mas as florestas não continuarão nos beneficiando para sempre se continuarmos com essa cultura de desmatamento sem reflorestamento e apenas pensando nos fins comerciais. Você pode saber mais sobre o plantio comercial nos nossos outros post: “descubra a importância das florestas plantadas no Brasil” e “como saber o potencial de produção de florestas”. Fique de olho nas nossas redes sociais e descubra mais de nossa atuação.


Após entender todo esse contexto do reflorestamento, deu pra entender o nosso impacto ambiental e muitos dos conceitos. Caso se interesse em dar uma vida maior a esses produtos da madeira, acesse o conteúdo de tratamento de Madeira da PROMAD e entenda mais do assunto.

66 visualizações

© 2020 | Ecoflorestal Jr. Empresa de Consultoria Florestal