Slack%20message%20with%20team%20communic
ASSINE NOSSA NEWSLETTER

GOSTOU DO QUE LEU?

Receba conteúdos exclusivos e cancele quando quiser!

Você sabe de quem é a floresta amazônica?

Atualizado: 26 de Out de 2019




Essa questão é mais complicada que parece. Na verdade, não se sabe ao certo de quem exatamente pertence cada parte dos territórios amazônicos. Existem territórios de domínio público, privado e até mesmo terras fantasmas sem dono ou com diversos donos, fruto das décadas de grilagem que ocorrem em todos os estados da Amazônia Legal.

Sabendo desse problema, quais são as consequências desta incerteza fundiária? Isso influencia diretamente em assuntos que estão em alta nesses últimos meses, como os desmatamentos ilegais, queimadas em toda a região, conflitos por terra, entre outros. A fiscalização e autuação dependem de conhecimento oficial do território, pois qualquer ação a ser tomada em uma área ilegalmente desmatada ou queimada só pode ser realizada se o órgão fiscalizador possuir os documentos do proprietário da área.

A melhoria do combate às ilegalidades ambientais e preservação de nosso patrimônio natural está diretamente relacionada a regularização do nosso território. A frase do estatístico William Edwards Deming ajuda nessa reflexão: “O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado”.

Essa situação não está tão longe do nosso dia-a-dia, visto que a irregularidade de terrenos ocorre não apenas na Amazônia, mas em todo território nacional, em áreas urbanas e rurais. A falta de regularização pode facilmente virar uma bola de neve na vida do proprietário, se tornando tão grande que resolver a situação ficará cada vez mais burocrático, portanto é essencial o mesmo buscar desde o princípio uma solução eficiente.

O texto "Terrenos: O que preciso saber antes de comprá-los ou vendê-los" apresenta dicas para que a irregularidade não seja mais uma dor de cabeça ao iniciar uma compra ou venda.

© 2020 | Ecoflorestal Jr. Empresa de Consultoria Florestal